Este site pretende dar a aconhecer algumas dicas e remédios para aumentar seios.

18
Set 09

Se o seu sonho de consumo é ter seios maiores, prepare-se: aqui vai um superdossiê sobre Turbinar a comissão de frente sem passar por cirurgia alguma. É o que um novo creme promete: um aumento de até 4 centímetros em seis semanas.

 

Que mulher que não sonha ter seios de um tamanho bom o suficiente para rechear os bojos – sem espuma! – de um sutiã sensual? Mas muitas ainda não têm coragem de entrar na faca ou precisam economizar um pouco mais para investir num par de silicone. Enquanto isso, o que fazer? Uma substância batizada de commipheroline seria capaz de realizar um feito e tanto: aumentar o busto – de 2 a 4 centímetros em até seis semanas – sem corte nem picadas, só passando creminho! Como era de esperar, a promessa vai dar o que falar. Funciona? Como? Quem pode usar? Custa muito caro? É o que você vai descobrir agora com a ajuda de três dermatologistas, todos feras no assunto, e duas mulheres que testaram a novidade. Leia as perguntas a seguir, tire suas dúvidas e fique por dentro dessa novidade!

1. O que é Commipheroline?
Extraída do óleo da árvore indiana Commiphora mukul, essa substância foi desenvolvida e patenteada pela empresa francesa de cosméticos Soliance. No Brasil, o commipheroline é distribuído para as farmácias de manipulação pela Gerbrás, outra empresa química farmacêutica.

2. Como funciona?
Os dois princípios ativos desse óleo – commipherol e commipherine – ajudam a aumentar a lipogênese, que é o estoque de gordura nas células da hipoderme, camada mais profunda da pele. Ao mesmo tempo, reduzem a perda natural da gordura já existente na mama, que pode acontecer por causa do emagrecimento ou da idade. “É como rechear um bolo. Ele fica mais alto, mas a massa continua a mesma”, compara Inaê Calvalcanti, dermatologista da clínica Corporal Shape, em São Paulo.

3. O que eu realmente posso esperar do resultado?
Não imagine que vai pular do sutiã 40 para o 44! “É bom avisar que o cosmético não se propõe a substituir o silicone”, fala a farmacêutica Fernanda Chálabi, da farmácia de manipulação Officilab, no Rio de Janeiro. Na melhor das hipóteses, os seios vão aumentar até 4 centímetros – o prometido –, o que já é uma boa marca para quem nasceu desprovida desse atributo.

4. Vale a pena, então?
Apesar do resultado discreto, os médicos ouvidos nesta reportagem acreditam no uso do creme, sim. Principalmente para aquelas mulheres que ainda não têm coragem de encarar uma cirurgia ou que não buscam uma turbinada radical. É uma solução prática, indolor, segura e mais acessível do que uma cirurgia plástica.

5. O resultado Demora para aparecer?
O fabricante promete mudança em seis semanas, ou seja, um mês e meio. Mas os médicos são unânimes ao dizer que não há uma regra. Algumas pacientes notam diferença logo na primeira ou segunda semana, talvez por causa da hidratação que melhora a textura da pele. Porém, em média, os resultados mais significativos – no volume – surgem a partir da quarta semana: as mamas ficam mais firmes.

6. Existem pesquisas que comprovam a eficácia?
A única feita até agora contou com apenas dez voluntárias francesas. Nela, 80% das mulheres relataram aumento nos seios. “Devemos cobrar do fabricante estudos científicos com uma amostra maior de mulheres e período mais longo”, diz Érica Monteiro, dermatologista de São Paulo.

7. É caro?
Este remedio para aumentar seios, por ser um ativo novo e importado, seu custo é um pouco alto: varia de 100 a 300 reais, se for associado a outras substâncias. Para você ter uma idéia, um pote com 100 gramas dura, em média, dois meses, passando duas vezes ao dia.

8. Como devo usar?
Basta massagear os seios duas vezes por dia nas primeiras seis semanas com movimentos circulares na hora que você quiser. Depois desse período, uma vez por dia é o suficiente para fazer a manutenção.


9. Qualquer mulher pode usar?
Apesar de nenhum efeito colateral ter sido verificado até o momento, vale alguns cuidados. “Por prudência, mulheres menores de 18 anos, que estejam amamentando ou grávidas e que tenham histórico familiar de câncer de mama devem evitar o uso do produto”, diz o dermatologista Adilson Costa, de São Paulo. Quem estiver com alguma alteração na pele ferimento e irritações) ou tiver alergia a algum dos componentes do creme também não deve adotá-lo.

10. Onde comprar?
Como ainda não existe nenhum cosmético com esse ativo pronto para ser vendido, o creme deve ser prescrito por um dermatologista e, depois, manipulado por uma farmácia especializada. Só assim o tratamento vai dar bom resultado. Não vale pedir direto para a farmacêutica nem pegar a receita da amiga emprestada.

11. Posso passar esse creme em outros lugares?
O commipheroline também pode ser indicado para preencher rugas finas do rosto e recuperar a densidade do contorno facial, especialmente em mulheres que já entraram na menopausa. Também vale para rejuvenescer pescoço e mãos, áreas que perdem gordura com o passar dos anos. Isso por causa do efeito de “inchar” as células de gordura.

12. Se eu parar de usar, os seios voltam a diminuir?
Sim, pois trata-se de um produto de uso contínuo. Se interromper o tratamento, as células perdem o tal estoque de gordura e as mamas retornam ao tamanho que eram inicialmente.

A fórmula ideal
Os cosméticos com commipheroline geralmente são manipulados numa concentração de 0,5 a 1%. Além desse ativo, alguns dermatologistas associam na mesma fórmula substâncias hidratantes, que melhoram a textura da pele dos seios, e antiflacidez, que entram na jogada para agir contra a gravidade e garantir sustentação. “Gosto de combinar commipheroline com o raffermine, um extrato natural da flor da soja, que é um potente firmador”, conta Inaê.
Nós testamos Uma ficou feliz da vida...
“Depois de dez dias passando o creme, notei uma textura diferente na pele dos seios e um pouco mais de volume. Depois, na TPM, tive a sensação de eles terem aumentado bem mais do que o comum. Terminada a menstruação, deram uma diminuída... Sinto uma mudança no tamanho que já me empolga: 1 centímetro extra em 35 dias, 3 centímetros em 45 dias.”

Eliane Contreras, editora de nutrição.

...Outra, nem tanto!
“Nos primeiros dias, achei que os seios ficaram mais firmes. Em seguida, incharam um pouco, mas a diferença me pareceu muito sutil – ninguém reparou! Queria que a minha comissão de frente fosse maior – ainda vou colocar silicone quando der. Enquanto isso, esse produto é uma boa alternativa. Recomendo para quem reclama de seios caídos.”

Camilla Macedo, 23 anos, estudante.

 

 

 

publicado por HF às 00:32

comentário:
queria muito esta receita.
anna a 3 de Junho de 2011 às 07:26

pesquisar
 
arquivos
2009